O Que São Minorias Dentro da Democracia?

O panorama político atual fala cada vez mais sobre as minorias que existem nas diversas camadas da população.

Esse é um termo que deixa margem a interpretações erradas, pois o termo minoria não está ligado à quantidade especificamente, mas sim à situação perante a sociedade.

Isso quer dizer que nem sempre uma minoria significa poucas pessoas, muito pelo contrário, grande parte das minorias políticas do Brasil possui grande representatividade em termos de quantidade.

Assim, grandes grupos populacionais podem representar minoria dentro do contexto político, social e econômico do país, e um exemplo disso são os afrodescentes e também as mulheres.

Mais de 50% da população brasileira é composta por mulheres, e os afrodescentes (negros e pardos) somam perto de 54% da população do país.

Apesar dessa maioria absoluta em quantidade de representantes, esses dois grupos são considerados minorias, pois cabem dentro da descrição dada para esse termo, pelo sociólogo Mendes Chaves:

“Minoria refere-se a um grupo de pessoas que de alguma maneira e em algum setor das relações sociais, está em situação de dependência ou desvantagem em relação a outro grupo, maioritário, onde ambos integram a sociedade mais ampla. O tratamento discriminatório por parte da maioria, é uma das características dos grupos minoritários.”

Trocando em miúdos, minoria refere-se a forma como um determinado grupo é tratado socialmente, e não tem haver com quantidade de população dentro de cada grupo representado.

No Brasil temos muitos grupos que são considerados minorias, e conforme a globalização vai aumentando, novos grupos surgem com características específicas que os denominam.

Assim, pessoas que são a favor do casamento homossexual são um grupo minoritário, pois sofrem discriminação social por parte de outros grupos maiores e mais conservadores.

Portadores de necessidades especiais também são considerados minoria, já que precisam de leis específicas para ter direito a mobilidade em locais públicos e também colocação em cargos para trabalho.

A criação de cotas para vagas em universidade, ou ainda para ocupar cargos públicos mostra que os afrodescentes são minoria social e política mesmo tendo uma representação populacional maior em quantidade de indivíduos.

Curiosidade:

O movimento da minoria das mulheres obesas tem ficado cada vez mais forte, uma vez que esta são estimuladas a serem empoderadas. Há tempos atrás, elas tinham suas vozes caladas e eram forçadas a emagrecerem por pressão social. Devido a essa cobrança elas tomavam remédios para emagrecimento e suplementos como por exemplo o quitoplan.

Para mais informações, clique aqui e saiba mais.

Porque é necessário haver proteção das minorias dentro da Democracia

A Constituição Brasileira garante igualdade de direitos para TODOS os cidadãos do país.

Dessa forma é dever do Estado e seus governantes que todos os grupos caracterizados minoritários tenham proteção de leis que protejam seus direitos, independente da quantidade de população representada em cada grupo.

Assim, mesmo que a maioria da população não concorde com um determinado direito que é essencial para um grupo minoritário, o governo deve procurar formas de garantir esse direito para essas pessoas.

Agindo dessa forma, conseguirá diminuir o estado de discriminação social, que muitas vezes gera protestos e conflitos violentos colocando em risco a segurança da população em geral.

Garantir que cada cidadão tenha seus direitos resguardados é uma forma prática de aplicar o conceito da Constituição que garante essa igualdade para todos os cidadãos, independente de raça, gênero e credo.

Aos poucos o Brasil caminha para esse atendimento a todos os cidadãos, e chegará um momento em que as minorias serão equiparadas ao todo, através de leis e regimentos que possam garantir o direito de serem diferentes do todo e viverem livremente como cidadãos desse país.

Gostou deste conteúdo? Então leia também: